Cirurgia ocular para correção de refração

LASIK (Laser-Assisted In Situ Keratomileusis) é uma cirurgia ocular é que muda permanentemente a forma da córnea (a tampa transparente na parte frontal do olho), a fim de melhorar a visão e reduzir a dependência de uma pessoa de óculos ou lentes de contato.

Descrição

Para uma visão límpida, a córnea e as lentes devem dobrar (refratar) os raios de luz adequadamente, de modo que as imagens sejam focalizadas na retina. Se os raios de luz não são claramente focalizados na retina, as imagens que você vê ficam desfocadas.

Esta falta de foco é chamada de “erro de refração”. É causada por uma forma imperfeita do globo ocular, córnea ou cristalino. O LASIK usa um laser ultravioleta para remover o tecido corneano com precisão para corrigir a sua forma e garantir um foco melhor.

Um exame oftalmológico completo será feito antes da cirurgia para certificar se os olhos são saudáveis. Outros testes serão feitos para medir a curvatura da córnea, o tamanho e a posição das pupilas, o formato dos olhos (para certificar se o LASIK é uma opção), e da espessura da córnea (para assegurar que terá bastante tecido corneano restante após a cirurgia).

O LASIK é um procedimento cirúrgico ambulatorial e levará de 10 a 15 minutos para cada olho.

O anestésico utilizado é um colírio que entorpece a superfície do olho. O procedimento é feito com a pessoa acordada. O LASIK pode ser feito em um ou ambos os olhos durante a mesma sessão.

Durante o LASIK, uma lâmina especial (microcerátomo) é usada para formar um flap articulado das córneas. O retalho é levantado e um laser especial é usado para remodelar o tecido subjacente da córnea.

O cálculo de quanto o tecido é removido pelo laser é feito previamente. Uma vez que a remodelação é feita, o cirurgião substitui e reposiciona o retalho. Não são necessários pontos. Uma viseira ou adesivo será colocado sobre o olho para proteger e para evitar a fricção ou pressão no olho até que ele tenha tido tempo suficiente para curar.

 

Por que o procedimento é realizado

O LASIK é feito na maioria das vezes em pessoas que usam óculos ou lentes de contato por causa da miopia. É ocasionalmente usada para corrigir hipermetropia. Também pode corrigir o astigmatismo.

A lista seguinte dá orientações e recomendações que detalham quem seria um bom candidato para LASIK.

  • Você deve ter pelo menos 18 anos (21 em alguns casos, dependendo do laser usado), pois a visão de pessoas com menos de 18 geralmente continua a mudar. Uma exceção é a criança ainda pequena, com uma visão muito míope e um olho normal. O uso de LASIK para corrigir o olho muito míope pode prevenir a ambliopia (olho preguiçoso).
  • Você não deve fazer este procedimento se você estiver grávida ou amamentando uma vez que estas condições podem afetar as medições do olho.
  • Você não deve fazer este procedimento se você tomar certos medicamentos, tais como Rocutan ou prednisona oral.
  • Seus olhos devem ser saudáveis e sua prescrição estável. Se você é míope, você deve adiar o LASIK até que sua condição se estabilize. A miopia pode continuar a aumentar em alguns pacientes até após seus 20 anos.
  • Você deve estar com boa saúde geral. O LASIK não pode ser recomendado para pacientes com diabetes descontrolado, artrite reumatóide, lúpus, glaucoma, infecções por herpes ocular, ou catarata. Cada caso deve ser discutido com seu cirurgião.

Outras recomendações:

  • Pesar os riscos e benefícios. Se você está feliz usando lentes de contato ou óculos, você pode querer não fazer a cirurgia.
  • Entender as expectativas da cirurgia. Elas são realistas?
  • Para pacientes com presbiopia, é importante notar que o LASIK não pode corrigir a visão de modo que um olho possa ver à distância e próximo. No entanto, o LASIK pode ser feito para permitir que um olho veja de perto e outro distante. Se você pode se ajustar a esta correção, pode eliminar ou reduzir a sua necessidade de óculos de leitura. Em alguns casos, a cirurgia em apenas um olho é necessária. Se o médico achar que você é um candidato, pergunte sobre os prós e contras.

 

Riscos

Os efeitos a longo prazo de LASIK 5 anos após a cirurgia estão ainda a ser determinados.

Super ou sub-tratamento da doença pode ocorrer, necessitando de cirurgia adicional, uso de lente de contato ou óculos.

Os riscos podem incluir:

  • Infecção da córnea
  • Problemas de cicatrização da córnea ou problemas permanentes com a forma da córnea, tornando impossível o uso de lentes de contato
  • Diminuição da visão à distância em altas altitudes
  • Diminuição da sensibilidade ao contraste – mesmo com 20/20 de visão, os objetos podem aparecer distorcidos ou cinzas
  • Olhos secos
  • Ofuscamento ou halos
  • Sensibilidade à luz
  • Problemas com direção noturna
  • Manchas avermelhadas ou rosadas, no branco do olho (esclera)
  • Visão reduzida ou perda permanente da visão
  • Coceira

 

Após o Procedimento

Imediatamente após a cirurgia, pode haver uma sensação de ardor, coceira, ou uma sensação de que algo está no olho. Pode haver um leve desconforto para os quais o médico pode receitar um medicamento para alívio. É muito importante não esfregar os olhos após o LASIK, para que o retalho não rompa ou mova.

No dia da cirurgia, a visão fica geralmente embaçada ou nebulosa, mas no dia seguinte já tende a melhorar. O médico deve ser chamado imediatamente se há dor ou se qualquer um dos sintomas agrava-se ANTES de suas consultas agendadas de seguimento (24-48 horas após a cirurgia).

Na primeira consulta médica depois da cirurgia, o protetor ocular será removido e o médico irá examinar seu olho e testar sua visão. Você pode receber colírio para ajudar a prevenir infecção. Não dirija até que sua visão melhore o suficiente para fazê-lo com segurança.

Outras coisas a evitar incluem piscinas, banheiras de hidromassagem, esportes de contato, loções, cremes, e maquiagem nos olhos por entre 2-4 semanas após a cirurgia. O médico lhe dará instruções específicas.

 

Expectativas (prognóstico)

Pode levar até 3-6 meses para a sua visão se estabilizar após a cirurgia.

Algumas pessoas precisam de uma cirurgia adicional para obter um melhor resultado. No entanto, uma segunda cirurgia pode melhorar a visão para longe, mas não pode aliviar outros sintomas visuais como ofuscamento, halos, ou dificuldade em dirigir à noite. Estas são queixas comumente relatadas após a cirurgia de LASIK. Muitas vezes, esses problemas vão desaparecer após 6 meses, mas um pequeno número de pessoas continua a ter problemas com brilho.

Se a sua visão à distância foi corrigida com LASIK, é provável que você ainda possa precisar de óculos de leitura em torno de 45 anos.